sábado, 18 de outubro de 2008

Mistérios de amor...


Amo-te sem parar num relógio eterno
De paixão amorosa, carnal e ardente
A minha alma transborda saudade
Tão forte dos teus beijos de açúcar derretido
Que cai e adoça ainda mais este amor...

O brilho dos teus olhos me fez entrar
Para no teu coração chorar a cantar
Esta melodia de amor que dedico para ti
Esplêndido cantar das vozes escondidas
Que de dentro do coração gritam ainda mais alto...

Oh minha ternura harmoniosa
Que me fazes viver e me deixas tão feliz
Sinto-te dentro de mim de um jeito particular
Consigo sentir o teu corpo tremer
Quando os teus lábios tocam os meus...

Mas nesta louca paixão
O mistério do amor ainda não foi desvendado
Ele esconde-se por trás do meu amor
E do amor que tu sentes por mim...
Mas está presente e manifesta-se
A qualquer hora, a qualquer momento...

6 comentários:

Anónimo disse...

Uau! luxúria total, beleza, uma doce loucura tomando a alma e mente.
Adorei a postagem anterior também, a dança mágica dos desejos fluindo.
Muito gostoso vir aqui .
Beijos e bom fim de semana.
Goreti e Luis

Jorge Costa disse...

O homem solitário
tem um peito imenso de desejos
e uma imaginação que flui solta à fantasia.
Tem uma boca
cheia de beijos
para quando arranjar u’a companhia.

É ardente sem ser fogueira,
num clarão de luz do meio-dia,
tem calor para aquecer a nova companheira
que lhe brota das entranhas em demasia.

É paciente,
aprendizado dos tempos de revés.
Cuida da chama
inextinguível do amor,
pra uma paixão
que espera a sua vez,
com o desvelo
de quem cuida de uma flor.
Eu cuidarei de ti Princesa

Jorge C

Princesa disse...

Goreti e luis obrigado voltem sempre
my angel

Princesa disse...

Jorge continua a perder tempo a escrever poesia eu quando tiver tempo pode ser que leia
my angel

ANJO disse...

Jorge Costam,deves ter e o cu arder mas tens de ir bater noutra porta,aqui nao te safas.
ANJO

ANJO disse...

Princesa,nem leias esta poesia tosca,e uma copia dos meus poemas,estes ja tu os tens, eu ja te os dei todos.
ANJO