quinta-feira, 30 de outubro de 2008

LEMBRA-TE...


A manhã chegou silenciosa trazendo através da janela entreaberta o cheiro da maresia que se mistura com o cheiro de teu corpo que perfumou meus lençóis. Com o olhar fixo no tecto do quarto, lembro cada instante passado em teus braços.

Passo a língua pelos lábios para ainda desfrutar do gosto de tua boca que me beijou e que eu beijei sem parar…Volta o sabor das línguas entrelaçadas que misturavam saliva ainda com o sabor de nossos sexos.

Uma brisa fresca faz o lençol ondular sobre meu corpo que permanece nu, vestido apenas do calor que o teu deixou. Toco de leve meus seios, doridos de tanto os teres sugado. De novo voltam a enrijecer, arrebitando os bicos numa dor tão suave que só tua língua poderia acalmar… De novo quero sentir-te…

Sigo com as pontas dos dedos numa carícia lenta os trilhos traçados pela tua boca. A pele arrepia-se em todos os sítios em que por um segundo, que mais pareceu eternidade, tua boca beijou, tua língua lambeu, tuas mãos apertaram…

Sinto-te no calor húmido do meu sexo que ainda palpita de desejo. Quer sentir outra vez toda a força desta paixão que nos envolveu. Aconchegar-te de novo entre as minhas pernas e sentir-te bem dentro de mim… Sentir-me de novo preenchida com toda a ternura que em segundos se fez tempestade no vai vem enlouquecido de sexos sedentos pela explosão de todos os sentidos.

A manhã acordou enchendo o quarto de todas as sensações e emoções que é estar contigo e com os raios de sol vem a promessa de mais uma noite em que teu corpo será meu e o meu será escravo do teu na busca infinita do prazer máximo…



5 comentários:

João disse...

chegará o meu olhar

para te dizer

o quanto te amo?

chegará o meu silêncio

para te dizer

o quanto te quero?

chegará o meu toque

para te dizer

o quanto te desejo?

João

Renato disse...

é difícil controlar o desejo
de te agarrar
quanto roças em mim
de te abraçar
quando olhas para mim
de te beijar
quando me sorris
de te amar
te desejo muito Princesa
vem para mim
Renato

Princesa disse...

Ai joão até me fazes rir estou cansada de poesia barata e vocês se repetem em burrice bom mas esta até nem é ordinaria como de costume mas aqui não te safas tá

Princesa disse...

Reneto será que me conheces dalgum lado que eu saiba ainda não passei pelo teu curral para te alimentar á muito tempo que não vou ao Jardim zoológico mas prometo a todos que um dia destes vou lá dar comer aos meus elefantes de estimação que vão estar com uma tromba quando me virem com o anjo ao lado e muito felizes como sempre
rsrsrsr

ROMEU disse...

Joao & Renato.
Voces desaparecam daqui,
Nao sera com versos e conversa fiada que comquistam a princesa.
Cuidado com esta gente.
Um beijao.
Romeu..