sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Flor e Fruto...


Pudesse eu ser manhã, dessas manhãs primaveras
Invadiria seu quarto, ainda coberto de sono
Pra tomar em minhas mãos o seu fruto em abandono
E levá-lo a meus lábios...Ai! meu Deus, como o quisera!

E meus lábios entreabertos, mordiscariam seu pomo
E a língua doce e morna, ao pincelar sua haste,
Convidaria sedenta pra habitar o meu domo
E nele deixar seu mel...Ai! meu Deus, que isso me baste!

Mas seu fruto, meu amor, já na minha boca cresce
Minha língua se contorce a sugar todo o volume
Minha flor, bem orvalhada, suplica que se apresse

Desce no canto da boca, um fio de sumo doce
No quarto sumo e orvalho exalam cio-perfume
Flor e fruto se encontram...Ai! meu Deus... verdade fosse... 
«ANJO»

3 comentários:

Renato disse...

Ó Romeu tu és mesmo um trafulha então o anjo foi raptado queres fazer crer a nós todos que ele não vem mais isso é pura mentira de um vigarista ele quer é a princesa e que todos se afastem dela não acredites princesa, só se ele o raptou, olha-me este cabrão, mentiroso eu já investiguei e não há registo de nenhum rapto como se chama mesmo o gajo
vai-te foder romeu será que foste ao cu do anjo
Renato

Princesa disse...

Olha renato não sabes o que dizes se o romeu diz é porque sabe ele conta que conhece o anjo eu confio no romeu embora sempre acredite que o anjo vai aparecer o meu coração diz que sim tu vai levar onde costumam levar as galinhas tá

ROMEU disse...

Renato.
Trafulha es tu,ja me estas a meter um veneno dentro que levas 2 murros e desapareces, deixa de ser cobarde,e nao inventes nada de mim nem do Anjo.
Some cabrao duma puta,vai fazer broxes pro intendente ai em Lisboa paneleiro.
Romeu...