sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Louca saudade...


Quando chega a noite quase não durmo
sinto falta dos teus beijos
fico imaginando seu corpo bem indecente
louco de desejos

E se durmo logo sonho
ouvindo gemidos e sussurros
indo e vindo entre atritos longos
sentindo o sabor do doce fruto

Quando acordo, toco a cama 
te procuro, mas te acho
sinto falta dos teus sorrisos 
assim como dos teus orgasmos

Minha morena, por onde andas?
sinto falta do teu agrado
do teu jeito meio maluco
e do teu corpo apimentado. 
«ANJO»

6 comentários:

Zeca disse...

QUE...
"Duvides que as estrelas sejam fogo, duvides que o sol se mova, duvides que a verdade seja mentira, mas não duvides jamais de que te amo."
ZECA

Jorge C disse...

Uma vida...
Uma esperança
Uma passagem sentida
Um sonho de criança
Sonho alimentado
Na noite e na solidão
Sonho acorrentado
A um pobre coração
Anos passaram
Num sonho arrastado
Saudades ficaram
E o sonho...
Esse será realizado

Princesa disse...

olha Zeca afinal me diz o que é que tu amas, se mem sabes quem sou posso ser um personagem inventado posse ser um homem, posso ser uma velha caduca vai-te curar pá

Princesa disse...

Este jorge deve saber do anjo só me manda poesias do livro dele será que tu é que o raptas-te para lhe roubar o livro rsrsrsr

ROMEU disse...

Zeca & Jorge so sabem copiar poemas do papel, mas olha que vale mais minhas letras modestas,porque estas vem do meu coracao,copiar e facil,e fantazia pura.
Romeu...

Princesa disse...

Tens razão Romeu eu dou muito mais valor ás palavras que vêm do coração do que a frazes feitas eu sinto que falas do coração por isso gosto de ti és boa pessoa