domingo, 26 de outubro de 2008

No limite do nosso prazer !!!


Não resista mais aos meus apelos...
Sinta o sentimento que floresce em meu peito!
Meu coração batendo descompassado no peito...
Necessito do teu calor,
Quero o teu corpo suado,
Teus frenéticos beijos
Quero em êxtase morrer de prazer em teus braços!
Revelas em ações destras de malícia essa sua paixão!
Induza-me ao estado de estática presa
Me conduzas ao àpice do prazer atráves de seus toques...
Invada o meu ser em cadências
Trafega meu corpo todo e invade as minhas entranhas
Mergulhas nas ondas deste nosso tórrido amor
E logo estaremos encharcados pelo prazer,
Nas ondas de um gozo iminente que transcende,
Depois da nossa noite esfusiante de amor e prazer!!!


3 comentários:

Paulo disse...

Nossa noite foi ao limite do nosso prazer princesa estes versos já são para mim meu amor obrigado
beijos ternurentos
Paulo

Zeca disse...

Dia a dia o teu blog está mais chamativo isto faz com que um gajo ande doido e o Anjo quer que ue seja de ferro ando aqui em brasa e tu é que levas comigo já ando a bate-las todos os dias gaita
hoje tou perdido

Zeca

Princesa disse...

Zeca e Paulo vão morrer longe...