quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Será...


Será que consegues imaginar
o estado de tesão em que fico
por te sentir aí, desse lado?
será que te passam pela ideia
as vibrações do meu corpo
ansioso pelo teu toque?
será que consegues perceber
o aperto que sinto no peito
quando te vejo, sorridente?
será que consegues ler
as palavras que não te digo
mas que grito em silêncio?
será que irás voltar
para apagar este fogo
que em mim acendeste um dia?

3 comentários:

Renato disse...

Estar entre teus seios e dedos,
entre tua densidade,
neste transpirar sob medida
aos teus gemidos.
Estar entre teus trópicos,
entre o teu desejo e o meu prazer;
beber parte de teus líquens e teus rios
percorrendo-te da foz até a origem,
e pura a cada amor partir mais virgem.
Renato

Princesa disse...

Olha Renato dedica isto a tua mulher, a tua namorada e se não tiveres, quem sabe o teu vizinho do lado não fica encantado com os teus escritos atrofiantes porque aqui nunca interessaram a ninguém sabes eu tenho o meu anjo que me diz coisas lindas que tu nunca as saberás dizer porque são ditas com o coração. E ele não gosta de as ouvir porque não gosta de homens vai bugiar para outro lado

ANJO disse...

O Renato vem outra vez com a poesias.
Isso ja e velho pa,inventa outra coisa,a princesa apenas publica teus comentarios e de todos porque eu quero que sejam todos publicados,eu e a princesa nao temos problemas com isso,e para toda gente ver os palermas que por aqui andam.
ANJO