quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Escrevo para ti Anjo meu...


Quando escrevo, eu me excito
Só, de amor, pensar em ti...
Sinto as entranhas ardendo,
Vou com prazer remoendo
O que contigo vivo.

Ondas de calor me afagam,
Sofro a dor dos desejos.
E cada verso transpira
A excitação que me inspira
A buscar mais por teus beijos.

Cada poema que faço
É como amor fazer:
Tomar-te em mim, amado,
Sentir teu corpo adorado
Penetrando em meu querer...

Rolam as letras que traço
Como rolamos nós dois...
E permanecem mostrando,
Nosso prazer expressando
É como te sentir
Rolando em meus braços
Anjo Meu...

5 comentários:

Princesa disse...

Meu anjo
Escrevo para ti
Vivo para ti
hoje e sempre porque te amo muito
não saberia viver sem ti sem o teu amor, nós não somos dois corações mas um só nos amamos e que não pensem estes e estas que andam por aqui para nos separar e nos fazer ciumes que vão conseguir eu não tenho ciúmes de gente insignificante, que não sabe ter personalidade.
Te amo muito muito muito
beijinhos gostosos
Princesa

Princesa disse...

Meu anjo obrigado pela confiança que tens vindo a demonstrar eu também confio em ti e nos amamos não temos motivo para ciúmes esta gente pensa que faz ciúmes mas apenas são o nosso divertimento
te amo muito muito muito nada nos vai separar
um beijinho gostoso
tua Princesa que te adora

Renato disse...

Boa!
Como compreendo o teu mundo, que deve andar a cruzar-se com o meu e, se calhar, com muitos mais mundos que cruzam órbitas infindáveis em redor deste planeta em que todos vivemos.
Um abraço doce
Renato

Princesa disse...

Olha renato o meu mundo se cruzou com o do meu anjo e com o teu nunca se irá cruzar porque tu para mim não és nada e não me posso cruzar com o que não existe entendido
my angel

ANJO disse...

Princesa.
Este Renato esta a sair-se da casca,tenho de lhe dar no focinho para baixo.
ANJO