terça-feira, 21 de outubro de 2008

Em tesão me derramo...


Tenho em meu corpo
O gosto do pecado
O cheiro da mata
Sou campo minado.
De mim tu desfrutas
Com água na boca
Enterras a batuta
Me chamas de louca.
Sou mulher-veneno
Da boca carmim
Vem cá meu moreno 
Coisinha gostosa, meu amendoim.
Me coma de lado
Por cima também
Cachorra me faço
Te dou tudinho, meu bem!
Sou escandalosa
Picante no amar
Mas sou tão saborosa
Que te faço sonhar.
Serpente te enrosco
Meu fogoso alazão
Te possuo na marra
Rolando no chão.
Meus bicos estão duros 
Pro Céu apontando
De desejo, aflitos
Por ti estou gozando. 
Escancaro pra todos
Confesso te amo
São ardentes momentos 
Como bálsamo que sou
Em Tesão me derramo. 

5 comentários:

Renato disse...

provoca-me

com palavras inesperadas
com a nudez do teu corpo
seduze-me
com a loucura do teu desejo
com a urgência do teu sexo
envolvo-te
no meu corpo nu
nas palavras em chama.

Renato

Jorge Costa disse...

Aquelas mãos em toques eternos
em alguns minutos apenas horas se tornaram
Eternos movimentos das pontas dos dedos
Procuravam retorno desejado presente na pele...

Cúmplices, entrelaçados
Numa imagem sem nome, sem entendimento
Sem cobranças
Somente sentimento e desejo

Adoradora química
Dos lábios fortes em toques essenciais
Que nem o melhor de todos que já tive
Poderia imaginar...

Jorge C

Princesa disse...

Renato e Jorge nem merecem resposta hoje estou cheia de vocês

ANJO disse...

Renato estas a passar os limites,vai pro bairro alto,la teraz muito sexo.
ANJO

ANJO disse...

Princesa meu amor.
Este Jorge tem que ser algum pedofilo,vai pra outro lado,aqui nao ha menores,safa.
ANJO