sábado, 18 de outubro de 2008

Desejo tocar-te...


Desejo tocar-te o corpo 
Com intenções confusas 
De ternura e luxúria. 
Com minhas mãos húmidas, 
Atrevidas e quentes, 
Acariciar tua pele. 
Com minha boca, sedenta, 
Do sabor dos teus beijos, 
Navegar pelas ondas 
Do teu corpo. 
Olhar-te de frente, 
Apertar-te ao meu peito, 
Ser a tua amante... 
Sentir os teus anseios, 
Respirar o mesmo ar 
Que soltas ao suspirar... 
Quero me perder no teu olhar, 
Afogar-me de amor 
Nas águas do teu mar... 


3 comentários:

Renato disse...

Alma-metade minha,

Minha pele quer setir toda a sua pele, não ter segredos....descobrir cada poro, com a língua, as mãos, sentir teus perfumes, teus calores e teus frios.




Te quero amor, te quero, te quero.
Renato

Princesa disse...

Olha este hoje inspirou-se mas nem sei em quem deves pensar que estás no circo mas aqui não há palhaços porque o palhaço és tu nós somos apenas espectadores rsrsrsrs
my angel

ANJO disse...

Renato,esses teus versos sao do meu livro,tens de arranjar outros pa,so sabes copiar,inventa ao menos alguma coisa inedita,mas uma coisa que nao chateas a nos aqui.
ANJO