sábado, 8 de novembro de 2008

SEXO SAGRADO...



O sexo é sagrado,

como salgadas são as gotas de suor

que brotam dos meus poros

e encharcam nossas peles.

A noite é meu templo

onde me torno uma deusa

enlouquecida sentindo teus pelos

sobre a minha pele.

Neste instante já não sou nada,

somente corpo, boca,

pele, pêlos, línguas,

bocas.

E a vida brota da semente,

dos poucos segundos de êxtase.

Tuas mãos como um brinquedo

passeiam pelo meu corpo.

Não revelam segredos

desvendam apenas o pudor do mundo,

descobrem a febre dos animais.

Então nos tornamos um ao mesmo tempo

em que a escuridão explode em festa.

A noite amanhece sem versos,

com a música do seu hálito ofegante.

O sol brota de dentro de mim.

Breves segundos.

Por alguns instantes dispo-me do sofrimento.

Eu fui feliz

6 comentários:

Jorge Costa disse...

Hoje não encontrei palavras
pra escrever pra você.
Só silêncios...
E no meio deles achei
um sorriso, um abraço,
um olhar, um desejo.
Um vôo, um beijo.
Um alento, um pensamento.
Carinho e sentimento...
E descobri silenciosamente você.
Nenhuma palavra nesse momento...
Um amor. Um presente...
Você.
Jorge Costa

Zeca disse...

Hoje vivo de lembranças

Do amor que não vivi

Hoje vivo muito triste

Porque você não esta aqui

Hoje vivo de saudade

Do beijo que não te dei

Nunca vou esquecer

O dia que por ti me apaixonei

Hoje vivo de esperança

De viver esse amor

Porque só assim vou me livrar dessa dor


Zeca

Princesa disse...

Jorge é bom que encontres as palavras certas para te despedires deste blog e ires cantar o fado para outra freguesia, já me começo a fartar e o Romeu também

Princesa disse...

Zeca presumo que não sabes falar porque só escreves poesia barata que tiras de algum lado e palavras sem nexo se fores assim em tudo já sei porque estás sozinho, por falta de qualquer coisa rsrsrsr

ROMEU disse...

Es um teimso Jrge Costa.
Larga a princesa da mao por favor,estas arranjar a eu ter de partir-te as custelas mesmo no teu conultorio veterinario.
Desaparece,tem cuidado,eu sou uma fera, vai comentar ao caralho seu boy gay.
ROMEU..

ROMEU disse...

O Jorge e o Zequinha estao de poemas,entao vamos a eles.
Aqui vai gatinha,todo para ti me amor minha gatinha.

Quero fazer amor com você!
Não consigo me controlar mais
Já não encontro mais paz
Está difícil de esconder
Quero fazer amor com você!
Quero mergulhar no seu prazer
Não consigo controlar este desejo
De querer sentir o gosto do seu beijo.
Quero fazer amor com você!
Quero te amar para valer
Quero te olhar frente a frente
Quero que nossa paixão a cada dia aumente.
Quero fazer amor com você!
Te abraçar, te beijar, te querer
Até o êxtase total
Te fazer sentir-se muito especial
Quero fazer amor com você!
E de tudo, neste momento, esquecer
Quero fazer seus olhos brilharem
Quando minhas mãos, com carinho, te tocarem.
Quero fazer amor com você!
E quando essas palavras tocarem seu coração
E você sentir a mesma emoção
Então você vai realmente saber
QUE QUERO FAZER AMOR COM VOCÊ!!!
ROMEU..