sábado, 15 de novembro de 2008

COMO VOCÊ ME DEIXA...


Você me deixa assim...
Me deixa úmida, arrepiada,
lânguida, querendo você
Sabendo do seu desejo.
Sinto sua boca em meus seios, a roçar,
deslizar, me enlouquecendo
E devaneio...
Sentindo sua língua em fogo
provocando meu gozo
Desce pelo meu corpo,
desliza em meus pêlos,
passeia por entremeios,
escorregando em minha nádegas
e me descobre mulher
Encontra meu sexo húmido
sentindo meu cheiro de fêmea que húmida,
busca e acolhe tua entrada
sem pensar em mais nada
Te quero inteiro
te quero homem
Meu homem...
dono do meu gozo, do meu prazer.
Aquele que me deixa úmida--

2 comentários:

Jorge C disse...

No silêncio quebrado pelo sussurro
do vento e cintilar das flores
encontro um rumo traçado entre
devaneios fugas e reencontros.

Ficaram palavras mudas,
despidas de receios
no amanhecer feito na esperança
dos meus olhos molhados.

Erguendo-me em asas de amor.

jorge C

ROMEU disse...

Piu piu piu.
Ja estas a comecar a piar pouco,que bom,eu te vou acabar de tirar o piu.
Romeu.