sexta-feira, 14 de novembro de 2008

AMOR BANDIDO!!!....


Mordisco tua orelha e começo a te beijar
Suspiros, lamúrias, afagos e gemidos
Beijo tua nuca... te faço arrepiar
Sinto teu corpo estremecer e teus olhos revirar
Teus poros libertam aromas de tesão
Ahhh...que perfume de encantar!Vampiro sensual é o que quero ser
De leve, no pescoço, cravo os meus dentes
Absoluta é tua entrega com suspiros de prazer
Faço do seu púbis o meu altar
No botão do amor, nádegas voluptosas
Ficando de bruços para melhor me ofertar
Plenitude total, em ti vou me concentrar
Gruta do amor, ventre de prazer
Uso de todos os meios para te fazer gozar!
Vulva que em mim lateja, não me deixa parar
Sequaz quimera de encanto e fascínio
Nela, o maior desejo de sugar
Sentir teu universo inteiro vibrar
Seguir caminhos de volúpia e ardência
Frenética e molhada... são marcas que vão ficar
É tesão com intenso prazer de amar
Na seda dos lençóis, você toda suada
Marcas do teu corpo que nele vão estampar!
Beijo tuas pernas e mordo o teu calcanhar
Excitada, você se contorce, se encolhe
Teu corpo faceiro sempre a vibrar
Toda aberta, oferecida, passa a gritar:
Possue-me agora!
Vem!
Entra em mim, vem me amar!
Imenso prazer que vou retardar
Controlo meus atos, suprimo meus instintos
Busco o momento supremo e continuo te acariciar
Neste magnífico templo de prazer
Nele, com arroubo, vou penetrar...
Que ávido e aberto está para me receber
Meu membro em riste é teu cetro real
Suave e repetido, em ritmo que aumenta
Que a ti provoca e dá um prazer sem igual
Minhas unhas que desejo cravar
Nádegas que aperto e ancas que seguro
Para que assim possa melhor te cavalgar
Aos ícones da estratosfera, ao espaço interestrelar
Cometas em colisão eclodem em caminhos alucinados
Por ritmos frenéticos que fazem nosso corpo vibrar
Orgasmo divino, pleno de gozo e prazer
Inconscientes caímos...
corpos a ofegar
Ao caminho de um alegre fenecer
Enfim... conseguimos alcançar
Um ponto final em que um só
De maneira alguma conseguiria chegar

6 comentários:

Renato disse...

Pra você...
Um mundo colorido...
Um mundo feliz...
Um mundo cheio de paz...
Um mundo cheio de afeto...
Um mundo cheio de serenidade...
Um mundo cheio de esperança...
E um dia cheio de alegrias!
Passei para colorir, aquecer e alegrar um pouco mais seu coração!

Renato

Jorge C disse...

você não é apenas menina e mulher

És a própria encarnação da Deusa

(a divindade principal céltica)

Tu és mulher, musa, fêmea, protetora

e juíza, amante e amiga és o

arquétipo perfeito de todo o ser humano e feminino

Como as forças da natureza que geram, que mudam o mundo

tu és igualmente.

És imensidão que se alterna entre rainha do mundo

e ao mesmo tempo te recolhes ao silêncio, ao nada

a teu próprio mundo.

Coragem e Indecisão... medo.

Caça e caçadora.

Tu és poderosa e frágil.

Rainha e súdita.

És uma rocha e ao mesmo tempo se parte ao vento.

És um castelo, com carros e cavaleiros...

Mas, deixa-se conquistar por apenas um guerreiro.

És meu sonho, paixão...me incitas o amor.

Mas, confesso que me

incitas ainda mais o medo:

medo de não ter você por perto.

medo de não ter seu carinho.
medo de não ser o que almejas

medo de não mais saber caminhar sem ti..

medo de sentir aquela dor ao peito se vieres a faltar

como sente falta do próprio ar.

Não queres que me apaixones por ti?

Pedes-me o impossível!

Sempre teu

jorge C

Mario disse...

Precisava comentar este poema!
Lindo, lindo!!
Palavras certas, momentos certos, pessoas certas!
Cada vez te admiro mais... cada vez te descubro mais... cada vez vc se supera... mais e mais!

um beijo
Mario

Princesa disse...

Renato & Jorge, Lda. uma boa sociedade montem uma empresa de palhaços porque vocês só servem para isso são mesmo uns tolinhos só me admiro que um médico ande nestas coisas ou serás tu um belo arrumador de carros se calhar eles têm mais juizo que tu Jorge

Princesa disse...

Mario dizes bem as pessoas certas eu e o meu amor era isso que querias dizer se muito bem entendi

ROMEU disse...

RENATO JORGE E COMPANHIA.
Me da ca um gozo,eu e a princesa se fartamos de rir de voces seus bois de merda,ainda pensas que esses poemas pegam rsrsrsrs seu doutor cueca,panasca,queres e vara nesse cu,olha vem aqui ao brasil que ficas bem enrabado.
ROMEU.