quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

~~º~~ AMAR AMAR ~~º~~


Plena de ternura, assim estou eu…ousada
Como as ondas que deslizam da areia para o mar
Ousada continuo, poderosa e com ansiedade de encontrar-te....
Nos meus pensamentos vou conjugando o verbo AMAR!
Eu amo. .. e penso em ti…
Tu amas. . . e penso…será que me amas?
Eu . . . Tu . . .
Tu . . . Eu . . .
E do mesmo modo que as folhas caídas do Outono
Voam de um lado para o outro nas curvas das ruas
Assim eu deixo voar a sequência do verbo
Não vale a pena continuar….
Porque não me importo se….
Eles Amam!
Ou se os outros amam…
Importo-me em saber que. . .
Nós nos amamos!
Eu.. . Tu. . .
E mais ninguém.
 

3 comentários:

rui m disse...

Pões aqui coisas tão bonitas pena nós não entendermos para quem são eu queria que fossem para mim mas estou feliz que não sejam para o cabresto do romeu

sergio disse...

Sem lhe conhecer
Senti uma vontade louca
De querer você
Nem sempre se entende
As loucuras de uma paixão
Tem jeito, não
Olha pra mim
Faz tempo que o meu coração não bate assim
Não faz assim
Me diz seu nome
Não me negue a vontade de sonhar
De sonhar os meu sonhos
Com você
Despertando pro seu adormecer
Seria bom demais
Que bem me faz você

Romeu disse...

Filho duma egua Rui,preferes que sejam este Sergio duma figa?
Vaite foder corno velho,vai la com essa espanhola e nao voltes mais,me deicha em paz boi velho.
Romeu.
E tu sergio vai pro caralho mais o versos