quinta-feira, 21 de maio de 2009

~~ºº~~ VOU CHEGAR ~~ºº~~



Vou chegar bem de mansinho
Aninhar-me de encontro a tí
Te apertar contra o meu corpo
Te sentir e ser sentido.
Te engolir com os meus olhos
Queimar-te com o meu corpo
Molhar-te com o meu suor
Beijar os teus seios
Morder o teu pescoço
Correr minhas mãos em torno da tua cintura
Abaixá-las... até as tuas coxas roliças.
Apertá-las com ternura e carinho,
mas com firmeza e voracidade,
pois é imenso o tesão que me sufoca
e queima minhas entranhas. 
Minha boca reencontra a tua
Delírios, arrepíos e gemidos
No colo eu te levo
Na cama eu te deito
Do teu corpo eu me sirvo,
sorvendo-o por inteiro.
Minha língua, meus lábios e minhas mãos,
percorrem cada centímetro do teu corpo
e daquilo que tanto desejo...
Hum, que tesão!
Tua reciprocidade quase leva-me ao êxtase
Nossos corpos se envolvemna busca do sexo
e prossegue num érotico ritual,
onde buscamos as delícias do prazer,
cujo sabor principal provém do tesão e da paixão,
sementes de um grande e imenso amor.

3 comentários:

Princesa disse...

Meu Anjo
meu amor
Contigo à distancia
Não existe um momento do dia
Em que possa separar-me de ti
O mundo parece distinto
Quando não estás junto a mim
Não existe bela canção
Em que não apareça Nem a quero escuta-la senão escutar a voce
É porque te converti
Em parte de minha alma
Ja nada me consola
Senão estar junto a voce também
Mais além dos seus lábios
Do sol e das estrelas contigo a distancia
Meu Anjo lindo, estou
Em parte de minha alma
Já nada me consola
Se não estou com voce também
Mais além dos seus lábios
Do sol e das estrelas contigo a distancia
Meu amor estou contigo
sempre em pensamento

Joana. disse...

Lindo o teu blog Princesa
como sempre
um beijo minha boa amiga
joana

Romeu disse...

Princesa
meu amor
preciso de um corpo
para desejar e desbravar
de um corpo cheio de mistérios
para eu desvendar
de um corpo que me prometa
prazeres por revelar

preciso de um corpo
para sentir e querer
de um corpo que me seduza
ao ponto de me perder
de um corpo cheio de ternura
suave ao adormecer

Romeu