quinta-feira, 23 de julho de 2009

~~º~~Brincando ~~º~~


Brincando de amor
Ah, desejo indecente
Que invade minha mente
Me enlouquece de prazer
E te sinto a me tocar
Sua boca castigando
Pelas curvas deslizando
Fazendo a pele queimar
Não sei como segurar
E não me entregar
Sei que é loucura
Mas não há cura
Para essa louca paixão
O que quero é te amar  


3 comentários:

Alvaro Oliveira disse...

Bom dia PRINCESA

Fascinante este poema.
É um doce encanto de amor intenso,
sentimento e desejo.
Este poema pura e simplesmente,
fascina!

Um beijo com carinho

Alvaro

saudade disse...

Como é bom amar alguém e com ele se perder em brincdeiras de amor e prazer, dar largas á mente e deixar dois corpos uniren-se como sendo um só.
Saudade

1manview disse...

Mmm ... Muito sensual princesa ...