segunda-feira, 29 de junho de 2009

~~º~~ meu doce sonho ~~º~~


Tudo, em ti, parecia perfeito,
A voz, o andar, o olhar...

Não quero voltar a sonhar,
Quero acordar e ver-te assim,
A sorrir, meio sarcástico,
Tudo que sonhei, foste tu,
Sim, tu, que tão bem
Soubeste roubar o meu ser,
Mergulhar no meu interior.

Entraste na minha intimidade,
Pousaste na minha fantasia,
Criaste ilusões, falsificaste
A tua "identidade".

Não eras o meu ideal, mas,
Conseguiste ser o meu sonho,

como tu és, meu doce sonho.


2 comentários:

Alvaro Oliveira disse...

Olá minha Meu Anjo

desculpe esta brincadeirinha.
Foi apenas para que sinta alegria poique alguém visita este Édem, Está bem?

Este sonho não é doce...É mágico!...com tantos sabores e aromas, que minha alma ficou ébria.

Como pode uma alma poética escrever tanto e tão sublime num só dia? Só mesmo a minha amiga.
E eu que cheguei a acreditar ser poeta! Como andava iludido!...agora
sei que apenas escrevo uns tristes
versitos.

Um beijo e o desejo de que muitos
sonhos como este nasçam todos os
dias.

Alvaro

Romeu disse...

Princesa meu amor
Você é a doce manhã na primavera.
Chegando tão soberana.
Cheia de vida, a estação preferida.
Tão linda e charmosa.
Tu és sempre a mais formosa.
A mulher dos sonhos meus.
Iluminada por (DEUS).
Oh minha fonte de desejos.
Vivo a sonhar com seus beijos.
Doce e puro feito mel.
Para sempre será assim, tu na terra, tu no céu.
Sendo única pra mim..
um beijo
Romeu