quarta-feira, 11 de março de 2009

~~ººº~~ ANJO ~~ººº~~


Sinto seus lábios tocarem os meu pela última vez 
Eles hão de se separar 
E o gosto doce e morno da sua língua 
Irá se perder da minha 
Sinto seus braços enlaçarem meu corpo 
Em um abraço de despedida 
Seus dedos percorrem meu corpo devagar 
Querendo gravar bem cada curva 
Cada parte... 
Para poder recordar cada centímetro de pele que eles tocaram 
Com medo 
De não vir a lembrar de como ele era 
Seus olhos passeiam calmos 
Demorados 
Guardando cada detalhe 
Cada manchinha 
Tentando tatua-lo em sua memória 
Querendo mantê-lo vivo 
Mesmo agora 
Quando este já está preste a morrer... 
...Pois era você quem o dava vida. 
Este é nosso último encontro 
Nosso tempo juntos 
Tudo o que nos restou... 
Não posso tê-lo 
Eu não posso pertencer-te 
E não há nada que pudéssemos fazer para mudar isso 
Nos amamos devagar 
Como se fosse nossa primeira vez 
Saboreando cada parte de nossos corpos 
Mas ao contrário da primeira vez 
Não foi para descobrirmos que gosto tínhamos 
E sim para sentirmos ele uma vez mais 
Em nossas bocas 
Para retê-lo 
Sempre entregamo-nos intensamente um ao outro 
Nos tocamos com muito carinho 
Desejo 
Magia 
Sentimento... 
E agora vamos cada um para um lado 
Caminhos diferentes 
Outras pessoas 
Outra vida... 
Nossa última vez 
Tão inesquecível quanto a primeira 
Tão marcante quanto o primeiro olhar 
O primeiro beijo 
Foste o primeiro e me tocar 
O primeiro a me fazer sentir assim...Úmida 
Fostes o único a me fazer sentir 
Coisas que nem em sonho pensei vivenciar 
Fizeste meu corpo implorar por suas mãos 
E por vezes seguidas 
E agora tens que ir 
Me deixar 
Eu tenho de te deixar 
Mas sempre terei você em mim 
Pois jamais alguém conseguirá me possuir 
Do jeito que tu o fizestes 
Serei assim 
Para sempre 
Mesmo distante... 
...Tua somente.... 

1 comentário:

Amor disse...

Você sabia que era a última vez,depois lembrei que me amou de um jeito tão desesperado e triste,e me olhou tão profundamente naquele último olhar,que não esqueço,foi ali que senti um frio na espinha,e entendi que você tava partindo,abandonando todo aquele amor que nosso...