segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

~~*~~ SENTIR ~~*~~



Sentir que você pensa em mim,

Sentir que você me olha, mesmo a tantos quilômetros,

Poderia me fazer duvidar,

Mas mesmo sem compreender,
 
Acredito nessa paixão,
 
Mesmo que seja um amor

Como que escondido entre nós dois,

Porque entre gestos e palavras

Sentimos que pára o coração.

E sem notar o ruído,

De toda a gente, ao derredor,

Deixamos que se passem os minutos e os dias,

Tendo por companhia apenas a lembrança.

Falo de mim, sem medo do que digo,

Sobre aquilo que em mim nasceu;

Lembro dos teus olhos,

E neles o brilho relata

A tristeza da distância,

Da distância que se põe entre nós dois;

Falo de palavras sempre belas,

De dias cheios de emoções.

Escuta-me, porque falo de sonhos,

Que surgiram desse amor;

Não queira nada quando o sentimento gritar,

Porque eu serei capaz de tudo para atendê-lo.

Sairei em sua direção,

Mesmo sabendo que não deveria.

Sei disso, porque mesmo contra a minha vontade

A esperança está aqui,

Nessa minha vida que se tornou

Vazia desde que você foi embora.

Hoje nada mais responde às minhas perguntas,

Porque nada me importa sem você.

Percebi que se foi o mel dos teus lábios

E ficou só o veneno da saudade;

Que se foi seu perfume,

E já não posso respirar;

Que se foi seu sorriso,

E em lugar dele me vieram as lágrimas.

Meu amor se cobriu de medo,

Porque com tudo se foi também a minha vida.

Estou presa a noites de loucura,

Porque sei que sem você

Toda uma vida não basta

Pra eu ser feliz.

6 comentários:

Rui M disse...

Princesa minha querida como é lindo tudo que escreves eu adoro tudo que vem de ti, não durmo a pensar o que estás fazendo e com quem estarás tenho ciumes daqueles a quem dás converça dizes que não estás no pais onde estás amiga não me digas que estás no brasil isso seria demais para mim não te encontres com o Romeu tem cuidado

Jorge C disse...

Princesa
Tu só existes na hora da madrugada quando desligo o processador de fala e incrivelmente ficas imerso nos meus sonhos de embalar, quase não te sinto e mal recordo o teu silêncio.
Inundadas pelo borbulhar dos meus pensamentos vagueiam letras abundantes quase silenciosas e ausentes de cor, de vida, de energia desigual a dos sons.
Tornaste mais tímido e isolado, fugido da realidade, mas nunca te esqueças, tens uma característica predominante: a simplicidade de encantares as cores sóbrias, a decoração das palavras silenciosas.
Silêncio és o espelho da alma.
mas te quero real minha querida te torna real para mim vem ter comigo

Princesa disse...

Rui
obrigado por gostares do que escrevo só mostras ter bom gosto olha eu neste momento estou na Croácia em serviço mas em breve estarei em portugal um abraço

Princesa disse...

Jorge
estas a bater mal eu existo sim e 24 horas por dia e não posso ir ter contigo primeiro que não estou no pais e não tenho assim muito tempo mas um dia falamos

Romeu disse...

Este RRui Merdas e este Sergio bimbo andam atraz um do outro,creio que sao irmoes,vivem no mesmo corral.
Isto e vergonhozo andarem aqui a perceguir a princesa,acediar,fora daqui cabroes.
Romeu.

Romeu disse...

Princesa amada,me deichas sem palavras amor.
Romeu.