quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

~~%~~ MEU CORPO ~~%~~


Sinto em meu corpo sua língua.
Que me arde como se fosse
um chicote de fogo.
E mesmo que eu não queira
me induza jogar o seu jogo.
Me entorpece os sentidos,
abafa-me os gemidos
até provocar o meu gozo.
Que poder é esse?
Que sedução devassa, é essa
que sinto sempre que você
me abraça? Só de lhe ver
me arrepia a pele,
em choques térmicos.
E me rendo pacífica
aos seus desejos hipotéticos.
Me excita e me choca
a sua ousadia.
Mas sempre mais e mais,
como num crescendo,embarco
na sua fantasia.
E quando entregue
aos nossos devaneios
sentindo em meu corpo
os seus meneios, nada mais importa.
Abrimos do desejo as portas,
simplesmente porque você
é meu homeme eu...sou sua mulher...

4 comentários:

Zeca disse...

Meu corpo deseja o teu muito te quero só para mim, fica lá comigo deixa os gajos
Zeca

Jorge C disse...

Há vidas que se vivem num 'momento'...
Há 'momentos' que valem uma vida!...
Momentos em que o paraíso parece real...
E por vezes basta um Abraço...
beijo

Anjo disse...

Zeca cada vez mais burro fica lá o quê burro de merda vai-te catar a princesa não fica com burros.

E tu Jorge paneleiro quais são os melhores momentos para ti são os que estás a levar no cù

Romeu disse...

O Zeca caga na cueca.
Pensei que tinhas desaparecido,ou que estavas com a Marilda,desenfeta daqui,ja ha aqui muita merda ainda vens tu seu Zeca diabo.
Jorge,vai dar beijos ao Xavier ou ao Alex,deicha-te de tlices,a princesa e minha.
Romeu.