segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

~~º~~º~~ AMOR LOUCO ~~º~~º~~



Há amor…
Vem dançar
E consumir,
Nesse desenfreado bailado de corpos...

Esse amor louco
De nossas Almas

Que nossas entranhas incendeia
O desejo aumenta a cada segundo
Que dói, consumindo o ar,
Já rarefeito que respiro.
Há amor,
Vem...
Pousa,
Em meu peito!


8 comentários:

Sergio disse...

Princesa
Quero massajar o teu corpo,
Como se te prestasse um tributo de paixão.
E com minhas mãos, como que num ritual,
Percorrer-te todos os caminhos
E dele extrair a chama da combustão.
E cheirá-la por inteiro,
No ardor de farejar o âmago de tua alma fêmea.
E beijá-la voluptuosamente e com meus lábios
Sorver o suor ensandecido de teus poros
Quero, então, corpos unidos,
Dançar ao som de teus gemidos e sussurros
A dança terna e alucinante do amor.

Princesa disse...

Meu Anjo lindo...
Ah, se tu estivesses aqui neste momento...
Deixaria os teus braços enlaçarem o meu corpo, a tua boca vir de encontro à minha, os teus olhos guiarem-me.
Seria tua da maneira que quisesses, da maneira que desejasses.
Porque só tu és capaz de me fazer sonhar, a tua imagem enfeitiça-me
Sou capaz de ceder a todas as tuas vontades sem questioná-las, porque perto de ti não sou dona de mim, sou simplesmente tua. Sou ordinária, requintada, tímida. Misturo poesia com vários palavrões. Gritava gemia e rasgava almofadas e lençóis só para te ter.
Ummmmmmmmmmm como te desejo

Princesa disse...

Sergio não achas melhor mudares de conversa, queria ser tua amiga mas gostava que tivesses outro tipo de conversa sabes que amo muito o anjo e que vai ser dificil ir além da amizade mas assim nem sei se amizade irá acontecer entre nós o anjo não vai gostar destas conversas

João disse...

Princesa
como deves ter dado por minha falta hoje vim desejar-te uma boa semana estive fora do pais em trabalho fui para Italia a uma reuniões da empresa para onde trabalho e aproveitei para umas compras pelo que vejo por aqui está tudo igual só anda aí o Sergio a querer te roubar de todos nós sabes amiga tu de qualquer maneira já és nossa nem que seja só virtual és muito nossa eu já não passo sem ti fico com saudades do blog e do que escreves
um abraço
João

Anjo disse...

Princes minha...
Palmilho o teu corpo com o meu olhar comedido. Curiosidade, talvez em cada reentrância, em cada curva, em cada mazela que a vida te trouxe. Descubro-te com o silêncio que me assiste ate permitires.

Ate me achares no trilho que percorro entre o teu rosto, o olhar que tão bem conheço, a expressão do sono, o estado calmo em que te encontras. Sinto-me errante já no teu peito que me apetece fustigar com paixão, sentir o palpitar da vida, o poder da força de um abraço.

Sinto o domínio do desejo, a pujança de um sentimento que me faz deter em algumas partes do corpo em que guardo algumas recordações de súbita paixão e prazer.

Percorro-te assim, sem dar pelo tempo suceder, perdi-me em ti, no meu estado de calma, no teu estado distraído do Ser.

Desejo as tuas mãos na minha pele, quero sentir-te como sinto a vida. Plena e inquieta.

Assim como eu me sinto perto de ti.
te amo princesa

Anjo disse...

Sergio
meu cabrão eu bem disse que eras como os outros que vinhas com pesinhos de veludo e agora mostravas as garras, vai-te daqui deixa a princesa em paz olha que te parto os cornos

Anjo disse...

joão nem sei porque voltaste não fazes cá falta nenhuma a princesa não tem saudades tuas vai embora e leva os outros atras de ti

Romeu disse...

Pois e,forca Sergio,poe os cornos a este Anjo que e o demonio,tens o meu apoio,esse Anjo nao valenada e um vigarista,e a Princesa anda iludida,temos de a fazer ver que o Anjo e um trafulha,um brasileiro meu irmao,mas mafioso la das fabelas,vamos sacalo fora daqui.
Vem sempre Serrgio me ajuda esta tarefa de por o Rui o Jorge e o Joao,andava por aqui um Renato mas esse ja o ;puzemos andar,e estes tambem vao.
Romeu