quarta-feira, 23 de setembro de 2009

~~-~~Reencontrei-te ~~-~~


Reencontrei-te numa noite qualquer, num qualquer local.
Os nossos olhos cruzaram-se,

as nossas almas prenderam-se... 
As palavras que saíam dos nossos lábios depressa se tornaram beijo...

um beijo de saudade, um beijo de desejo...

um beijo e depois outro...
As nossas mãos perderam-se na urgência de se unirem...
Procurámos abrigo para os nossos corpos ardentes,

ansiosos por voltarem a ser um só... 
Inventámos desejos, descobrimos prazeres...
Fomos entrega, fomos loucura...
Num abraço repousámos,

num olhar vimos o amanhecer... 

4 comentários:

Romeu disse...

Princesa meu amor

Meu doce amor eu me perco nos sonhos que contigo sonhei,eu me perco nos beijos que eu te dei,nas fantasias que contigo realizei.

Meu doce amor eu me perco nos teus lábios com gosto de paixão,nas tuas mãos que me afagam me perco dentro de teu coração.
Meu doce amor eu me perco nos teus brancos lençóis de linho,no teu corpo que me chama para uma linda noite de carinho.

Meu doce amor eu te amo como não é possível amar...
Em breve estaremos juntos ...
Te amo muito
Beijos

silvo disse...

Presiosa y poética descripción del proceso de amor, de sentimientos, um beijo

Alvaro Oliveira disse...

Olá Princesa

Belo reencontro!
Troca de olhares que se transformam
em beijos... beijos transformados em desejos...desejos transformados
em loucura e prazer! Todas estas transmutações se fizera em letras,
transformadas em palavras neste
doce encanto poético.

Beijinhos

Alvaro

Pensador disse...

Nada melhor do que os reencontros com a pessoa amada.
Eu que o diga...