sábado, 26 de setembro de 2009

~~º~~ Minha fogueira ~~º~~


Da minha fogueira,
com lenha que arde por ti,
vejo o fumo expandir-se
para o horizonte que beija o mar.
Água salgada confidente do luar,
testemunha das preces
deste fumo que clama por ti,
docemente como quem ama.
Olho o horizonte e só o fumo existe,
eco da minha alma e do meu desejo...
E sinto que sei o que me irás dizer,
se sentires este fumo
como o meu coração...
Fogueira que arde e chama por ti.

3 comentários:

silvo disse...

El fuego de amor, precioso poema, um beijo

Alvaro Oliveira disse...

Olá Princesa

Desta fogueira se expande o fumo
para o horizonte que beija o mar...
e se expandem os lindos perfumes
que inebriam a alma. Maravilhoso,
simplesmente!

Beijinhos

Alvaro

Romeu disse...

Princesa meu amor

Chamei-te de princesa

Minha musa

E até fada…

Porque assim és

A meus olhos!

E eles só vêm

Aquilo que o coração deixa…

Se o coração vê

É porque te olha

De outro jeito…

Ao jeito dum

Sentimento

Cravado de amor

Na raiz do meu ser!

Tua luta…

Minha luta…

Teu sorriso

Meu encanto!

Nesta maré que levanto

Levo cá dentro

A força

Que preciso…

E fico destemido!

Ao saborear

O encanto…

Tua perna…

Minha perna…

Tua mão…

Minha mão…

Teu beijo…

Meu beijo…

Do teu corpo

São partes do meu…

Paraíso!
Um beijo
te amo