sexta-feira, 25 de setembro de 2009

~~º~~ Amor a distância ~~º~~


Quantas vezes eu já não toquei o vazio,

na esperança de te sentir.

Quantas vezes eu já não ergui minha mão,

com vontade de acariciar teu rosto ...

ou secar uma lágrima.

Quantas vezes eu não fechei os meus olhos,

para poder visualizar tua boca sorrindo...

enquanto eu sentia que tu sorria...

do outro lado.

Sinto tanto a tua falta...

Falta do teu calor...

Falta dos teus beijos...

Falta do teu olhar...

Mas a tua voz me aquece ,

me acaricia ,

me embala nas minhas noites vazias...

E a esperança preenche meus sonhos.

A esperança de que não tarde

o próximo dia em que vamos nos encontrar.

E de que não tarde,

o dia em que não vamos mais nos separar...

4 comentários:

Romeu disse...

Princesa meu amor
No silencio da noite fria
Penso em ti
E escrevo
Imaginando como
Dormes confortável
Envolta em sonhos cor-de-rosa
Sonhos de amor
Ternura e paixão
E eis que chega a manhã
Uma manhã de nevoeiro
Em que eu te acordo com um beijo
Te amo demais
Teu anjo
Beijinhos

silvo disse...

Se echa tanto de menos que no se volverá a ir, no, al menos en soledad, preciosom Princesa, buen fin de semana e bijinhos

Jacarée disse...

Princessinha!

A Esperança do Amor,
quando o coração transborda.
Nele existe a esperança dum sorrriso num novo amanhecer.


Que o Sole brilhe e te guie nas caminhadas.

Bijs

Alvaro Oliveira disse...

Olá Princesa

Lindo amor à distância!
faço votos que seja curto o tempo
até se encontrarem e mais curto aindao tempo de não mais se separarem. Poema tão cheio de sentimentos. Adorei como sempre,
entrar nestes espaços e deparar
com tão belos poemas.

Beijinhos

Alvaro