domingo, 27 de setembro de 2009

~~-~~ Quando eu amo ~~-~~


Quando eu amo
Deixo minha alma solta
simples a dançar
Pelas noites enluaradas
Onde meus sonhos possam estar

Trago ternura nos olhos
E as dores sei escutar
Realizo desejos
Para o meu amor agradar

5 comentários:

silvo disse...

Me gusta todo lo que dices de cuando amas, pero lo de "ternura en los ojos" eso, me encanta, beijinhos

Alvaro Oliveira disse...

Olá Princesa

Num pequeno poema, dizer tanta coisa, reunir em tão poucas palavras, amor-sentimento, ternura
e sensibilidade,, só ao alcance de grandes poetas.

Um lindo Domingo para si.

Beijinhos

Alvaro

Angel disse...

Muito querido este teu post..=)beijinhos com muitos Sonhos para ti..

Angel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
1manview disse...

Olhos, não mentem ... Muito bonito poema ..
abraços