sábado, 30 de outubro de 2010

ALMAS GÊMEAS...


A minha alma viajou

Por outros tempos

Outros lugares

Numa busca por algo que a completa-se

Até que entraste dum modo estranho

Sem dar conta

Instalaste-te no meu coração

Não entendi a razão nem o motivo

Nascia o dia o sol brilhava e em mim

O teu nome saltava na minha mente

Relutante não quis aceitar

Jamais acreditei ser possível sentir

O sabor da paixão

A metade que me completava

Acabava de entrar na minha vida

De um modo estranho

Mas eras tu a minha metade

A parte que me faltava

Tu completas o meu ser

A nossa sintonia

Nota-se nos nossos olhos

Entendem-se sem palavras

Os nossos corpos tocam-se de uma maneira

Jamais sentida

Completam-se em união total

Numa frenética incontrolável

Somos duas metades unidas pelo tempo

O destino encaminhou-nos até aqui

De um modo único só nosso

Minha alma gémea

Meu amor eterno

Minha doce paixão

És tu...E eu sou tua

Atravessei mares revoltos

Tempestades tresloucadas

Até chegar a ti

Eu sou tua  

Tu és meu

SomosAlmas gémeas!

1 comentário:

morto-vivo disse...

O ser humano é incompleto. A mulher é uma metade, o homem é a outra. Yin e Yang


Feliz Halloween!