sábado, 27 de março de 2010

ºº~ºº Semente de vida ºº~ºº



Oh meu amor,semente de vida,
quero-te vivê-lo em cada vão segundo,
soltando meu riso ou derramando meu pranto.

Sentir teu choro em minha face
e a tua chama em meu peito,
criar em minha vida o teu canto,
e tê-lo em cada momento.

Tocar o amor com os dedos do vento
e o viver como a tempestade sublime,
como o mar do amor as ondas redime,
levando o meu coração.

3 comentários:

silvo disse...

Con mucha belleza te expresas en este poema, um beijo Princesa

Meri Aleixo disse...

MY ANGEL !!
Quanto tempo que não apareces

''Tocar o amor com os dedos do vento
e o viver como a tempestade sublime,
como o mar do amor as ondas redime,
levando o meu coração.''

MY ANGEL não desapareça viu ?

Beijos ANGEL

1manview disse...

Olá meu caro amigo ...

Espero encontrá-lo em grandes espíritos e saúde ..

Como sempre, este poema é muito bem escrito ...

Abraços e beijos ..