sábado, 15 de janeiro de 2011

~~º~~ Partida ~~º~~


Não estás, mas eu olho-te
Quero sentir-te cá dentro
Viajar em ti
E mergulhar-te dentro de mim
Continuas sem estar presente,
Mas eu beijo-te.
Quero calar esta sede
Com o prazer de te ter
O tempo passa
E deixa a cicatriz de uma dor que,
Um dia, foi tão profunda.
Já não te espero,
Mas ainda te desejo.
Quero sentir o teu cheiro;
O prazer dos teus lábios
molhados de um amor, que eu sei
que não é o meu. Gosto de ti,
Mas podes ir
Que eu não te vou esquecer!

1 comentário:

silvo disse...

La herida se curará, beijinhos Princesa