quarta-feira, 5 de maio de 2010

~~º~~ Olhando o horizonte~~º~~


Aqui, sentada ,olhando a linha do horizonte
um frio percorre minha espinha das lembranças
que me chegam….

São lembranças de você…
O roçar dos lábios…
A língua no canto deles, passeando, explorando…
As palavras suaves, serenas, tão cheias de amor.

São momentos de êxtase
Que trago comigo, guardados, sentidos…

O roçar, o apalpar, o gemer…
O sussurrar no ouvido…
a barba a roçar…
o olhar no olhar
a vontade latente
explodindo da gente,
querendo muito mais
mas, explorando os momentos anteriores
ao ato final.
Curtindo… sentindo… cada pedaço…
cada gesto…u m olhar… um molhar de lábios
um passear pelo corpo… uma paradinha aqui…
outra ali, mais longa, demorada e subtil…

Um sorriso nos lábios e no olhar…
O calor do rosto, que subiu pelo corpo
e está pronto a explodir…

O latejar vagaroso dos corpos se amando..
sem mais esperar…
É isso meu anjo, o sentir mais profundo…
que me vem à lembrança…
tendo as telas de fundo…
a própria esperança
de que… este dia virá…
E anjo meu, ficará.

1 comentário:

silvo disse...

Me gusta el bello poema entero pero cada vez que hablas de la sonrisa me cala, se que sonrisa es de la que hablas, beijinhos Princesa