segunda-feira, 7 de março de 2011

~~º~~ Teu olhar ~~º~~


No teu olhar há um poema

que não foi escrito.

Há paisagens distantes nos teus beijos

E

Nos ramos floridos

Dos teus dedos.

Sinto a ternura dum amanhecer

De saudades.

Continuas presente na sombra

Dos meus dias,

No acordar do sol que queima

A minha voz

Que por ti chama.

Há uma brisa que me toca

Divinamente

E me envolve de

Segredos

E eu fico

à tua espera...

3 comentários:

Alvaro Oliveira disse...

É mais um dos belos jardins que outrora pisei e não esqueci dos
perfumes que exalam, através destas flores de palavras ternas,
que definem a grande alma poeta!

Beijinhos, neste dia muito especial.

Alvaro

Romeu disse...

Voltei ao local do crime,venho fazer guerra

monikka disse...

lindo continua