domingo, 5 de dezembro de 2010

~~º~~ Teu sorriso ~~º~~


Olhei o teu sorriso
Nele me encontrei
O fogo desse olhar
Eu jamais esquecerei
Talvez fosse o destino
Ou talvez uma ilusão
Algo me fez amar-te
Com todo o meu coração
Depois desse dia
Não paro de pensar
Seria esse sorriso
A razão do meu amar
Muitos dias passaram
Muitas estrelas brilharam
Sem ti a meu lado
Muitos rios secaram
Agora que estás comigo
Algo não está bem
Talvez o medo de um dia
Perder o que encontrei.



1 comentário:

silvo disse...

Precioso poema, conozco una sonrisa que revuelve el interior de uno que llega, cala y traspasa, qunque se queda de tal forma que hace que la busques una y otra vez, pobre de quien la conozca y ya no la tenga, beijinhos Princesa