segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Amor bandido...


Mordisco tua orelha e começo a te beijar
Suspiros, lamúrias, afagos e gemidos
Beijo tua nuca... te faço arrepiar

Sinto teu corpo estremecer e teus olhos revirar
Teus poros libertam aromas de tesão
Ahhh...que perfume de encantar!

Vampiro sensual é o que quero ser
De leve, no pescoço, cravo os meus dentes
Absoluta é tua entrega com suspiros de prazer

Faço do seu púbis o meu altar
No botão do amor, nádegas voluptosas
Ficando de bruços para melhor me ofertar

Plenitude total, em ti vou me concentrar
Gruta do amor, ventre de prazer
Uso de todos os meios para te fazer gozar!

Vulva que em mim lateja, não me deixa parar
Sequaz quimera de encanto e fascínio
Nela, o maior desejo de sugar

Sentir teu universo inteiro vibrar
Seguir caminhos de volúpia e ardência
Frenética e molhada... são marcas que vão ficar

É tesão com intenso prazer de amar
Na seda dos lençóis, você toda suada
Marcas do teu corpo que nele vão estampar!

Beijo tuas pernas e mordo o teu calcanhar
Excitada, você se contorce, se encolhe
Teu corpo faceiro sempre a vibrar

Toda aberta, oferecida, passa a gritar:
Possue-me agora! Vem!
Entra em mim, vem me amar!

Imenso prazer que vou retardar
Controlo meus atos, suprimo meus instintos
Busco o momento supremo e continuo te acariciar

Neste magnífico templo de prazer
Nele, com arroubo, vou penetrar...
Que ávido e aberto está para me receber

Meu membro em riste é teu cetro real
Suave e repetido, em ritmo que aumenta
Que a ti provoca e dá um prazer sem igual

Minhas unhas que desejo cravar
Nádegas que aperto e ancas que seguro
Para que assim possa melhor te cavalgar

Aos ícones da estratosfera, ao espaço interestrelar
Cometas em colisão eclodem em caminhos alucinados
Por ritmos frenéticos que fazem nosso corpo vibrar

Orgasmo divino, pleno de gozo e prazer
Inconscientes caímos...corpos a ofegar
Ao caminho de um alegre fenecer

Enfim... conseguimos alcançar
Um ponto final em que um só
De maneira alguma conseguiria chegar


5 comentários:

Princesa disse...

Meu anjo
Meu amor quantas saudades tenho de ti, porque te foste embora sabes que muito te amo mas pelo que vejo não mereces o meu amor, será que algum dia gostaste de mim, neste momento já tenho dúvidas mas o tempo será o meu melhor aliadoapenas te digo sempre te amarei mesmo que não voltes mas estás a ser uma desilusão para mim
Sempre tu
Princesa

ROMEU disse...

Boa noite princesa.
Vejo que ainda tens muitas saudades do Anjo,mas penso que nao adianta sofrer por ele,dizem que tem uma nova namorada la no Brasil,e eu gostaria de ser mais que um bom amigo teu,eu te darei tudo o que o anjo nao te da,dame uma chance eu te faco feliz,e nao ligues a essas pessoas que so querem gozar.
Romeu..

Marilda disse...

Bonito tenho estado a ver o blog e os comentários então o Romeu sempre apareceuestás com sorte princesa o anjo está aqui comigo vamos vendo os comentários de chacha e vamos fazendo amor para tu teres inveja mas tens aí muitos mas este vale por todos e eu também o satisfaço bem ele diz que sou a melhor que já conheceu e nos amamos a cada monento fica com o Romeu pode ser bom o anjo já é meu
Marilda

Anjomenina disse...

Ai marilda.... és uma puta tão reles.... que nem mentires sabes...
Que falta de imaginação.... tiras a tesão querida....

minhocagravida disse...

Parabens pelo Blogger!
Muito excitante a poesia...